3 Coisas que Você Precisa Saber para Escolher uma Boa Palheta para Violão

Palhetas para ViolãoNa hora de escolher uma palheta para violão muitos iniciantes acabam tendo dúvidas, pois é grande a variedade que existe por aí, normalmente variando por cor, formato, espessura, material e etc. O que eu vou fazer neste artigo é te listar as 3 características essenciais que você não deve deixar de conhecer sobre uma palheta, assim terá mais facilidade na hora de comprar uma. Então leia com bastante atenção para que aprenda, vamos lá:

1º Palheta Influenciando no Timbre

O timbre é causado pela característica individual de cada corpo e percebido nos sons. Ex: O fato de eu ter um corpo e cordas vocais diferentes das suas faz com que eu tenha uma voz diferente da sua. Com as palhetas funciona da mesma forma, pois o fato de uma palheta ser de madeira e outra de plástico faz com que elas ajudem a causar sons diferentes. Eu explico mais detalhadamente sobre isso no curso completo de violão.

Por isso o indicado é que teste várias palhetas com matérias diferentes como madeira, plástico e etc, pois assim formará uma opinião sua sobre o tipo de timbre que cada uma causa, já que apenas falando sobre os timbres você não conseguirá sentir tão bem esta diferença.

2º Palheta Influenciando na Técnica

É importante você testar também o tamanho das palhetas e utilizar sempre elas no mesmo tamanho em que acerta a maioria das coisas que toca. Você notará com o tempo que depois de treinar muito uma música ou solo com a mesma palheta, quando utilizar outra diferente talvez não acerte as cordas corretamente e erre a execução. Pois é, o tamanho influencia diretamente na técnica, por isso o recomendado é que saiba exatamente o tamanho que gosta de usar para cada coisa que toque, pois assim conseguirá evitar falhas.

3º Espessura – Essa Característica é Importantíssima

A espessura ideal de uma palheta é essencial para que você possa ter boa técnica, pois se a palheta utilizada for muito fina, ela provavelmente será muito flexível, e aí ela se encurvará bastante quando você tocar uma corda e o movimento para ela voltar ao seu estado reto demorará um pouco mais. O problema é que se você estiver tocando muito rápido, precisará que sua palhetinha fique reta mais rápido para que possa tocar novamente o quanto antes.

Se sua palheta for de uma espessura mais grossa, provavelmente ela será menos flexível (mais rígida), e isso fará que haja um atrito maior com as cordas quando você tocar, e isso pode fazer com que ela trave em algum movimento ou que saia de forma mais lenta. Por isso você pode por exemplo apostar em espessuras não tão finas e não tão grossas para que possa evitar os dois tipos de problemas. Eu por exemplo gosto de utilizar palhetas de 0.7 mm até mais ou menos 0.9 mm, variando um pouco de acordo com o material, tamanho e espessura das cordas do violão que também vão influenciar na técnica.

Entenda melhor vendo o vídeo abaixo:

Conclusão

Depois de conhecer as principais características de uma palheta como falamos acima, teste várias palhetas diferentes para seu violão e quando encontrar uma que dê certo para você anote as características para que saiba comprar sempre modelos que se adequem às suas características.

Slide1

3 Coisas que Você Precisa Saber para Escolher uma Boa Palheta para Violão
Média 4.8 - 78 votos

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *